Mergulho em naufrágios

Quem, quando pequeno, não sonhou em encontrar um galeão afundado cheio de tesouros, mesmo que estivesse cercado por famintos tubarões?

Deve ser este o motivo de tanta fascinação que os naufrágios causam nos adultos, mergulhadores ou não.

A relação que existe entre naufrágios e tesouros é profunda mas atualmente, para os mergulhadores, ela fica na maior parte das vezes em segundo plano.

O naufrágio possuirá sempre uma aura de mistério e é ela que nos impulsiona a este tipo de mergulho. Todos os que estão mergulhando numa embarcação naufragada tentam reconstituir, a partir dos destroços, a imagem da embarcação enquanto navegava. Isto é parte integrante de nossa imaginação e é essencial para uma boa orientação subaquática.

Muitos dos que procuram esta atividade não se contentam em apenas mergulhar e buscam, já em terra, novas informações sobre o naufrágio, procurando conversar com  pessoas do local bem como localizando jornais e livros da época.

Outros passam a fotografar e filmar; alguns buscam as relações e integrações do naufrágio com o meio ambiente e muitos estão se especializando no mergulho técnico para poderem mergulhar em naufrágios mais profundos ou realizar penetrações.

O Brasil, com sua grande extensão de costa, nos fornece um grande potencial para este tipo de turismo de aventura, mesmo que sua história seja recente e que as condições de mar não sejam como as do Caribe.

Com mais de 10.000 embarcações naufragadas, creio que temos um vasto manancial de embarcações a serem descobertas e "mergulhadas".

Muitos dos naufrágios que conhecemos por fontes históricas ainda não foram localizados mas, com a atual expansão do mergulho por nosso litoral aliado à melhoria e a uma maior acessibilidade a equipamentos, muitos deles ainda serão encontrados em curto período, criando assim novos pontos de mergulho onde poderemos desenvolver uma de nossas paixões mesmo que lá, bem no fundo,  ainda sonhemos em encontrar o tal tesouro.

Marcello De Ferrari

Sugestões e Opiniões

Caso você queira enviar seus comentários, sugerir alguma matéria ou link, corrigir ou completar alguma informação, enviar fotos e artigos, por favor me escreva: Marcello De Ferrari