Três u-boats encontrados na Turquia

 

Foram localizados, no fundo do Mar Negro, próximos da costa da Turquia, três submarinos alemães: o U-19, o U-20 e o U-23. Esta afirmação foi feita por Selçuk Kolay, um engenheiro naval turco, numa conferência em Playmouth no início de fevereiro deste ano.

A sua localização já é um fato importante mas, o mais incrível é a história de como foram parar no Mar Negro.

Os três pertenciam à 30a. Flotilha de submarinos que, em dois anos na ativa, afundou dezenas de navios. Originalmente composta por 6 embarcações, 3 foram afundadas em combate.

Um dos sobreviventes da flotilha era o U-23, famoso por ter sido o primeiro submarino a afundar um navio inimigo, apenas 2 dias depois do início da guerra. Também ficou famoso seu comandante, Otto Kretschmer, conhecido como o "Silêncioso Otto", ás da guerra submarina com a maior tonelagem de navios afundada. 

Em 1941 a Alemanha invadiu a Rússia e decidiu que deveria estar presente no Mar Negro para impedir o movimento de navios cargueiros russos. Impossibilitada de utilizar o Estreito de Bósforo, devido à neutralidade da Turquia, a única opção para enviar os 3 submarinos, foi a de desmontá-los parcialmente e fazer o caminho por terra e rios. 

Foram desmontados em Kiel e levados, utilizando canais, até o Rio Elbe, por onde chegaram até Dresden. Depois de uma viagem de quase 137 Km.  por terra até Ingolstadt, foram levados até o Rio Danúbio.

Transportados pelo rio chegaram, em maio de 1942, em Constanta, o maior porto romeno no Mar Negro.

Em 1944, a Romênia mudou de lado e declarou guerra a Alemanha, deixando os 3 submarinos numa situação bem complicada. Sem base de apoio e sem como voltar para casa, os capitâes receberam ordens de afundar os seus barcos e tentar retornar para a Alemanha por seus próprios meios.

Os submarinos foram afundados mas, as três tripulações foram detidas pela Turquia.

Segundo as informações de seu descobridor, mergulhos foram feitos no U-20, naufragado a cerca de 25 metros de profundidade a 2 milhas da costa. Os mergulhos no U-23, que está a aproximadamente 50 metros de profundiade e a 5 milhas da costa, não foram possíveis devido às condições climáticas e o casco do U-19 encontra-se a 500 metros de profundidade, afundado a 3 milhas da costa da cidade turca de Zonguldak. 

 

Sugestões e Opiniões

Caso você queira enviar seus comentários, sugerir alguma matéria ou link, corrigir ou completar alguma informação, enviar fotos e artigos, por favor me escreva: Marcello De Ferrari